Mês: novembro 2015

Uber é proibido em Porto Alegre

Foto: Ederson Nunes/CMPA

A Câmara Municipal aprovou nesta quarta-feira o projeto de lei que proíbe aplicativos como o Uber em Porto Alegre. De autoria do vereador Cláudio Janta, do Solidariedade, a lei determina a proibição do transporte remunerado de passageiros em veículos particulares cadastrados por aplicativos.

O vereador Mendes Ribeiro votou contra a proibição e acredita que a regulamentação do serviço poderia trazer benefícios à cidade. “É um retrocesso! Entendo que um projeto de lei pela proibição sumária à uma proposta de alternativa de transporte individual privado é um equívoco. Sou a favor da regulamentação e da fiscalização por parte do poder público. Há espaço para taxistas e motoristas privados. Que se regule o Uber, que se fomente a concorrência e que a sociedade ganhe como um todo”, destacou.

Tenente-coronel da Brigada receberá o diploma de Honra ao Mérito

Foi aprovado nesta segunda-feira, 11, o projeto de autoria do vereador Mendes Ribeiro para homenagear com o diploma de Honra ao Mérito a Comandante Nádia Gerhard. Promovida a Major em 2007, ela foi a primeira mulher no Rio Grande do Sul designada para comandar um Batalhão da Brigada Militar no interior do Estado e, em 2012, foi a primeira a desempenhar a função aqui em Porto Alegre, no 19º Batalhão, que atua na zona leste da capital.

Como coordenadora estadual da Patrulha Maria da Penha, comandou uma iniciativa inédita para as polícias militares do país, agindo no pós-delito, protegendo as mulheres vítimas de violência doméstica.
Atualmente, a tenente-coronel Nádia é a diretora do Departamento de Justiça da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos. “A tenente-coronel Nádia merece este reconhecimento, pois leva para todo o país valiosos aprendizados aqui de nosso estado, além de honrar a Brigada Militar”, destacou o vereador.

Foto: Francielle Caetano

Scroll to top