Mês: maio 2016

Escola de Ofício: inclusão de jovens no mercado de trabalho

Um instrumento de promoção pessoal e de inclusão no mercado de trabalho: esse é o papel da Escola de Ofício, projeto de lei do vereador Mendes Ribeiro, que possibilitará aos alunos regularmente matriculados na rede municipal – no último ano dos ensinos fundamental e médio -, desenvolver habilidades e práticas profissionais no turno inverso ao dos estudos regulares.

E como será desenvolvido?

Com investimentos próprios ou através de convênios, o desenvolvimento da Escola de Ofício será realizado através de cursos que ofereçam a formação profissional de fácil colocação no mercado de trabalho. O Programa –  em parceria com instituições como SENAI, SESI, SENAC, SEBRAE -, ofertará capacitações gratuitas nas áreas de elétrica, hidráulica, marcenaria e costura.

De acordo com o texto do PL, a formação na educação formal deve ser incentivada e promovida, mas em tempos de crise financeira e com o crescente índice de desemprego, devem ser buscadas alternativas que promovam a retomada do crescimento. O texto destaca ainda que para participar das atividades da Escola de Ofício, os estudantes deverão comprovar periodicamente a frequência em sala de aula.

Support Our 2016 Campaign

On crossing the imaginary line drawn from Punta Mala to Azuera the ships from Europe bound to Sulaco lose at once the strong breezes of the ocean. They become the prey of capricious airs that play with them for thirty hours at a stretch sometimes. Before them the head of the calm gulf is filled on most days of the year by a great body of motionless and opaque clouds.

Continue Lendo

Vereador pede celeridade à liderança do Governo para os projetos de lei que visam o ensino da Cidadania e Educação Financeira em sala de aula

Novos conteúdos podem integrar os currículos escolares dos estudantes da rede municipal de ensino de Porto Alegre. Tramitam na Câmara Municipal de Vereadores dois projetos de lei que querem o ensino da Cidadania e Educação Financeira em sala de aula. As propostas foram protocoladas em 2013, pela então vereadora Any Ortiz (PPS), hoje deputada estadual. “Com a inclusão dos dois temas estaremos fortalecendo desde cedo a compreensão e o envolvimento das crianças destes assuntos tão importantes em outras fases da vida, teremos gerações mais preparadas e conscientes”, defendeu Any Ortiz. Este ano, o vereador Mendes Ribeiro (PMDB) assumiu as duas propostas e tem trabalhado para que os projetos sejam votados e aprovados. “Os conteúdos abordados em sala de aula devem preparar os nossos estudantes para a realidade que encontrarão no convívio em sociedade, é nosso dever enquanto legisladores garantir que tenham estes instrumentos necessários para tornarem-se cidadãos plenos.”

Tramitam na Câmara Municipal de Vereadores dois projetos de lei querem que o ensino da Cidadania e Educação Financeira em sala de aula.

Tramitam na Câmara Municipal de Vereadores dois projetos de lei querem que o ensino da Cidadania e Educação Financeira em sala de aula.

Como é criado um projeto de lei?

A pergunta do dia é: como se faz um projeto de lei? Qual o passo a passo desde a elaboração até a aprovação?

Vamos lá. Somente vereadores e prefeitos podem apresentar projetos de leis municipais. Para isso, eles precisam OUVIR as demandas e necessidades da população. Depois disso, é preciso colocar no papel as propostas para resolver as questões apontadas pelo povo. As sugestões viram projetos, que serão debatidos pelas comissões da Câmara.

Vamos ao passo a passo

Passando pelas comissões, o projeto de lei é apreciado pelo Plenário – conjunto de todos os vereadores e a quem cabe decidir sobre as matérias em tramitação.

#ÉFunçãoDoVereador

#ÉFunçãoDoVereador

No 1º turno, o Plenário pode aprovar ou rejeitar o projeto – se rejeitado, o documento é arquivado. É importante destacar que todos os parlamentares podem participar do processo – por meio de apresentações de emendas ao texto. Se for apresentada emenda, o PL retorna às comissões para emissão de parecer sobre elas.

O PL aprovado em 1º turno é apreciado novamente pelo Plenário – agora em 2º turno. Neste momento, as emendas são votadas. O 2º turno representa a decisão definitiva – tanto para aprovação ou rejeição do Projeto.

Se aprovado, o PL é encaminhado para a comissão responsável para a redação final do documento. Concluída a redação, o PL torna-se uma proposição de lei, que é enviada ao prefeito. Após receber a proposição, o prefeito pode manifestar sua concordância em relação à matéria aprovada pela Câmara, sancionando a proposição. Caso o prefeito não concorde com parte ou com a totalidade do texto, ele veta o conteúdo, que será devolvido à Câmara – responsável pela decisão final da matéria. Se ocorrer a sanção ou a rejeição do veto, a lei recebe um número e é assinada pelo prefeito – ato que se chama promulgação.

E assim nasce uma lei!

E o que é uma lei?

É uma regra jurídica que visa regular matérias de interesse coletivo!

 

Indicação que solicita reforço policial no Hospital Cristo Redentor e HPS é aprovada por unanimidade

A manutenção do efetivo permanente da Brigada Militar nos interiores do Hospital Cristo Redentor e do HPS: esse foi o conteúdo da Indicação ao Governo do Estado aprovada hoje por unanimidade na Câmara de Vereadores. #ÉFunçãoDoVereador 

#DeuCerto

#DeuCerto

 

Mendes visita diretora do Departamento de Planejamento da SEDUC

Encontro com Carlos Norberto Fraga e com a diretora do Departamento de Planejamento da Secretaria Estadual de Educação, Iara Wortmann – no Centro Administrativo Fernando Ferrari

Visita foi realizada nesta quarta-feira, 18.

Visita foi realizada nesta quarta-feira, 18.

Dia de agenda no bairro Belém Novo nesta quarta-feira, 18

Hoje foi dia de avaliação de demandas no bairro Belém Novo, junto com o diretor-adjunto do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP), Francisco Mellos, e o amigo Jair Hoffmann.

#NaRuaENoPlenário

#NaRuaENoPlenário

#Sustentabilidade: Mendes realiza reunião com o presidente da Ceasa

Dando prosseguimento ao auxílio à Flor Faz Bem, das sócias Jaqueline Sant’Anna Pegoraro e Cláudia Costa Ferreira Bopp, hoje o encontro foi com o presidente da Ceasa,  Ernesto Teixeira, a fim de solicitar o apoio do Setor de Flores da Instituição – para realizar a separação sustentável dos resíduos.

01

Reunião foi realizada nesta terça-feira, 17.

Mendes Ribeiro participa de encontro com a Carris

Na última segunda-feira, 16, o vereador Mendes Ribeiro participou do encontro com os amigos da Carris. Agradecemos ao Beto Fraga pelo convite!

Mendes participa de encontro com a Carris.

Mendes participa de encontro com os amigos da Carris.

Câmara recebe do Executivo projeto para regulamentação do UBER em Porto Alegre

Chegou à Câmara de Vereadores para apreciação na última segunda-feira, 16, o projeto do Executivo para a regulamentação do UBER em Porto Alegre.

#AlertaUBER

#AlertaUBER

Agora, é analisar e propor as melhorias que entendamos serem necessárias para o bem do cidadão porto-alegrense! Pedimos a todos que participem deste debate, leiam, sugiram, construam essa história conosco, para que o projeto final atenda aos reais anseios da população porto-alegrense.

Confira AQUI o projeto.

Scroll to top