Notícias

Liga Feminina de Combate ao Câncer na prevenção e assistência

O que poucos sabem é que a primeira Liga Feminina de Combate ao Câncer foi obra de uma gaúcha, fora do Estado. E logo na sequência, foi instalada aqui. Há 60 anos, o Rio Grande do Sul tem a 2º liga de um trabalho de 24 estados, instalado em 87 regionais.

Situada no Hospital Santa Rita, com um ambulatório próprio que realiza exames preventivos e atendimento assistencial, a Liga recebe a uma média de 35 pessoas por dia. Todo o trabalho é desenvolvido por uma rede de voluntárias. E o melhor, toda a pessoa que quiser contribuir pode ser inserida em uma etapa do atendimento, seja para leitura aos pacientes, seja para auxiliar na confecção de perucas, ou como as estudantes e médicas que realizam os exames.

Medicamentos de combate a dor, alimentação, assistência, fonoaudiologia, transporte a quimioterapia, próteses, as formas de atuação são ilimitadas no que se refere a prevenção e assistência.

Essa gama de atividades é mantida através de convênios e toda a doação é bem-vinda: material de higiene, fraldas, perucas, lenços, próteses, roupas.

Tramita na Câmara de Vereadores, na comissão de Constituição e Justiça, o projeto que visa conceder a instituição o caráter de utilidade pública. Como presidente da CCJ, o vereador Mendes Ribeiro, esteve no local acompanhando os trabalhos. “Toda a documentação necessária está correta, inclusive a instituição já possui este caráter no âmbito federal e estadual. Mas estar aqui, acompanhar, acolher e poder contribuir com as voluntárias é também nosso trabalho. Mais do que papéis, é estar junto”, disse o vereador.

São quase 4 mil atendimentos por ano, realizado por 100 voluntárias. Quem quiser conhecer detalhes, doar ou tornar-se voluntária, pode obter informações aqui

Pela divulgação dos gastos do Executivo e Legislativo com publicidade

O Projeto de Lei que OBRIGA a divulgação dos gastos do Executivo e Legislativo com publicidade na própria peça (propagandas, programas, atos, obras, comunicados de utilidade pública e campanhas institucionais) foi vetado pelo Executivo.
Em seu retorno à Câmara, a Casa decidiu por dar prosseguimento a ele (vetou o veto do Executivo). Agora, segue-se na expectativa de sua sanção!
“Um mecanismo para a transparência, a mim é nosso dever informar os contribuintes a quantidade e valor de cada publicidade efetuada com o seu dinheiro!”, destacou o vereador Mendes Ribeiro.
Na ilustração, nota da coluna da jornalista Rosane de Oliveira, em Zero Hora!

Status: protocolado

Necessidade apontada pelos representantes da Federação Riograndense de Golfe, o vereador Mendes Ribeiro protocolou projeto de Lei para incluir novamente o evento Torneio Aberto de Golfe Município de Porto Alegre no Calendário de Eventos de Porto Alegre e Calendário Mensal de Atividades – que por uma revogação de lei não pertence mais.

O Golfe, agora com o retorno enquanto esporte olímpico, destaca-se novamente no cenário nacional e mundial. Porto Alegre possuía um espaço a ele no seu Calendário Oficial de Eventos – devido a revogação de uma lei, não pertence mais.

A atividade ocorrerá na primeira semana do mês de dezembro, reúne participantes de todo o país, dentre eles 3 dos 10 melhores na categoria amadora são do Belém Novo Golf Club, local onde tradicionalmente acontece o Aberto. Para os adeptos do esporte e pela disseminação dele, finalmente ele retorna a ter o destaque merecido.

Paróquia Nossa Senhora das Graças em festa

A Paróquia Nossa Senhora das Graças promoveu mais uma edição do seu Encontro da Maturidade! Já é a quarta vez que reúnem mais de 100 idosos a fim de confraternizar e aprimorar as ações dedicadas a faixa etária. O vereador Mendes Ribeiro, vice-presidente da Frente Parlamentar do Idoso na Câmara Municipal, acompanhou a programação com dança, poesia, ginástica e música.

“Também para me colocar à disposição dos projetos desenvolvidos por aqui, como a da parceria com a PUC. Falar sobre as doenças crônicas, estimular o autocuidado terão sempre o meu apoio”, e o da Frente do Idoso.

O projeto mencionado é o Assumindo o Controle de Sua Saúde, inédito que visa estimular o autocuidado de doenças crônicas na maturidade. Serão 7 encontros semanais, com 3 horas de duração, conduzido por um profissional da saúde, para prática de bons hábitos de vida, trabalhar a comunicação com o profissional de saúde e obter apoio para resolução de problemas crônicos. Uma ação inovadora, que busca o cuidado da pessoa e não somente da doença crônica.

Quem estiver interessado, pode inscrever-se no (51) 3353 6229 ou no assumindocontroledasaude@gmail.com

Ao nosso professor

O ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre Professor Garcia, responsável pela criação de leis municipais a favor do esporte e dos professores de educação física, receberá o Título de Cidadão Emérito da Capital. O Legislativo aprovou, nesta quarta-feira (23/8), o projeto de lei Nº 1897/17, proposto pelo vereador Mendes Ribeiro (PMDB). “Com esta homenagem, queremos prestigiar esse bem sucedido professor e vereador pela dedicação e pelo trabalho na vida pública”, expôs Mendes.

Nascido em Porto Alegre em 21 de janeiro de 1952, Carlos Alberto Oliveira Garcia tornou-se professor na década de 1970 quando se formou no curso de Educação Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), se especializou em atletismo pela Universidade de Mainz, na Alemanha, e treinou a equipe brasileira de atletismo no mundial de Saint-Ettienne, em 1977. Ele ainda trabalhou no Sport Club Internacional, no Centro Estadual de Treinamento Esportivo (Cete), nos colégios La Salle Dores e São José, além de ter sido coordenador e professor da Faculdade de Educação Física do Instituto Porto Alegre (IPA).

A frase “estou vereador, porém sou professor”, marcou os 18 anos em que Garcia foi parlamentar no Legislativo municipal. Em agosto de 2015, quando faltava pouco mais de um ano para encerrar seu quinto mandato na Casa, ele sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) e teve que se licenciar das atividades políticas. No ano anterior, 2014, Garcia exerceu a presidência da Câmara Municipal. Ainda no Legislativo, exerceu a presidência das comissões de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) e de Economia, Finanças, Orçamento e Mercosul (Cefor).

Em sua atividade como vereador, propôs projetos que profissionalizaram o cargo de professor de educação física e fomentaram a prática esportiva na cidade com a obrigatoriedade da presença de um profissional como responsável técnico em academias esportivas em Porto Alegre, a criação dos Jogos Municipais da Terceira Idade e das Academias ao Ar Livre, a isenção da taxa de licenciamento ambiental para academias de ginástica e de balé que funcionem até as 22 horas, bem como a instalação da Frente Parlamentar da Educação Física e da Semana de Educação Física. Já no Executivo, ocupou o cargo de secretário municipal do Meio Ambiente.

 

Fonte: CMPA

Pelo retorno do Aberto de Golfe ao Calendário Oficial

O Golfe, agora com o retorno enquanto esporte olímpico, destaca-se novamente no cenário nacional e mundial. Porto Alegre possuía um espaço a ele no seu Calendário Oficial de Eventos – devido a revogação de uma lei, não pertence mais.

O Torneio Aberto de Golfe, que ocorre na primeira semana do mês de dezembro, reúne participantes de todo o país, dentre eles 3 dos 10 melhores na categoria amadora são do Belém Novo Golf Club, local onde tradicionalmente acontece o Aberto.

Representantes da Federação Riograndense de Golfe contam com o apoio do vereador Mendes Ribeiro, vinculado ao esporte, para que a atividade retorne as competições oficiais da capital gaúcha. O vereador destaca que entende a necessidade deste espaço para a divulgação da modalidade, atrair novos participantes e para o apoio aos nossos atletas que muitas vezes realizam esforços pessoais para representar a capital. “Certamente, vamos acolher esse projeto”, completa. E ainda saudou o trabalho do presidente da Federação Riograndense, Ricardo Ilha Moreira, e da Belém Novo Golf Club, Luciano Azevedo Cunha.

Presidente da CCJ recebe diretoria do Grupo Hospitalar Conceição

Tramita na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara o projeto de Lei Complementar que trata de alterações no regime urbanístico dos imóveis ocupados pelo Grupo Hospitalar Conceição, considerado Área Especial de Interesse Institucional, ou seja, que possui tratamento diferenciado para que possa atender ao público e desenvolver projetos governamentais, ele necessita de autorização para erigir novos prédios.

O vereador Mendes Ribeiro, presidente da CCJ, relator deste projeto, reuniu-se com a diretoria do Grupo para avaliar e dirimir dúvidas sobre o escopo da matéria. Nela é exposta que a reorganização física da instituição é necessária para a construção dos prédios do Centro de Oncologia, do Centro de Diagnóstico e Terapia, Hospital Materno-Infantil e uma Central de apoio técnico e logístico, conforme foi detalhado pelos membros da diretoria presentes.

Mendes Ribeiro, que também é presidente da Frente Parlamentar da Saúde do Homem e tem tido o corpo médico do GHC como parceiro da Câmara na promoção dos debates para a construção de políticas públicas inéditas ao tema, sinalizou que não há indícios de inconstitucionalidade no projeto e assegura a importância da construção destas estruturas para Porto Alegre, além de registrar que a sua expansão equivale a ampliação da saúde do porto-alegrense.

Participaram o diretor Administrativo, Ibanez Filter; a Superintendente Adriana Denise Acker; e o diretor-técnico, Mauro Sparta.

Psiiiu!! Já conferiu a agenda da semana? Política se faz na #NaRuaENoPlenário

Política se faz na #NaRuaENoPlenário!
Acompanhe as notícias do gabinete #MendesRibeiro pelo facebook, aqui!

 

      Agenda #MendesRibeiro

 

Professor Garcia pode se tornar Cidadão Emérito de Porto Alegre

O ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre, Professor Garcia, responsável pela criação de leis municipais a favor do esporte e dos professores de educação física, poderá receber o título de Cidadão Emérito de Porto Alegre se o Legislativo aprovar o projeto de lei Nº 1897/17, colocado em tramitação por Mendes Ribeiro (PMDB). “Com esta homenagem queremos prestigiar esse bem sucedido professor e vereador pela dedicação e pelo trabalho na vida pública”, expôs Mendes ao explicar o motivo da proposta.

Nascido em 21 de janeiro de 1952, Carlos Alberto Oliveira Garcia se tornou professor na década de 1970 quando se formou no curso de Educação Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), se especializou em atletismo pela Universidade de Mainz, na Alemanha, e treinou a equipe brasileira de atletismo no mundial de Saint-Ettienne, em 1977. Ele ainda trabalhou no Sport Club Internacional, no Centro Estadual de Treinamento Esportivo (CETE), nos colégios La Salle Dores e São José, além de ter sido coordenador e professor da Faculdade de Educação Física do Instituto Porto Alegre (IPA).

A frase “estou vereador, porém sou professor”, marcou os 18 anos em que Garcia foi parlamentar no Legislativo municipal. Em agosto de 2015, quando faltava pouco mais de um ano para encerrar seu quinto mandato na Casa, ele sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) e teve que se licenciar das atividades políticas. No ano anterior, 2014, Garcia exerceu a presidência da Câmara Municipal. Ainda no Legislativo, exerceu a presidência das comissões de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (CECE) e de Economia, Finanças, Orçamento e Mercosul (Cefor).

Em sua atividade parlamentar, propôs projetos que profissionalizaram o cargo de professor de educação física e fomentaram a prática esportiva na cidade com a obrigatoriedade da presença de um profissional como responsável técnico em academias esportivas em Porto Alegre, a criação dos Jogos Municipais da 3º Idade e das Academias ao Ar Livre, a isenção da taxa de licenciamento ambiental para academias de ginástica e de balé que funcionem até as 22 horas, bem como a instalação da Frente Parlamentar da Educação Física e da Semana de Educação Física. Já no Executivo, ocupou o cargo de secretário municipal do Meio Ambiente.

Mendes Ribeiro homenageia ex-vereador professor Garcia

Fonte: CMPA

CCJ avalia 21 pareceres a projetos de lei

Pareceres a 21 projetos de lei foram apreciados na manhã desta terça-feira (15/8) na reunião ordinária da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal de Porto Alegre. Presidida pelo vereador Mendes Ribeiro (PMDB), as votações analisaram a manifestação dos vereadores designados como relatores das matérias, após considerações feitas pela Procuradoria Geral da Casa. Das propostas, três tiveram apontamento de óbice e 18 foram consideradas sem problemas para tramitação.

O vereador destaca que a celeridade tem sido seu foco na presidência da comissão, que tem agido de forma a garantir que apenas o que é de competência do município e constitucional passe ao plenário.

Scroll to top