sáude

GHC inicia em fevereiro obras de centro oncológico

21/12/2017 | Jornal do Comércio
Está marcado para 1 de fevereiro o início da construção do novo Centro de Oncologia e Hematologia do Grupo Hospitalar Conceição (GHC). Anunciado em 2008, o prédio de 14 mil metros quadrados centralizará em um só lugar o atendimento para pessoas com câncer e oferecerá novos serviços, como radioterapia e transplante de medula óssea.
A edificação será levantada ao lado do Hospital Nossa Senhora da Conceição, na zona Norte de Porto Alegre. A previsão é que a obra demore de dois a três anos para ser concluída. Na tarde de ontem, o vereador Mendes Ribeiro (PMDB) confirmou a aprovação, no plenário da Câmara Municipal, do projeto de lei complementar do Poder Executivo que modifica o regime urbanístico do conjunto de terrenos onde estão situados os hospitais Nossa Senhora da Conceição e da Criança Conceição.
Com isso, será possível dar início à construção de novos prédios no complexo. “Essa ação traz melhor atendimento em saúde e adoção de tecnologias que não eram possíveis. Soluções inteligentes, que não oneram, trazendo mais saúde aos porto-alegrenses”, salientou o vereador. Conforme o projeto, a alteração no regime urbanístico decorre da necessidade de a estrutura física do complexo hospitalar incorporar a implantação de novas tecnologias para o Serviço de Diagnóstico e Tratamento.
Na reorganização física, serão retiradas do prédio do Hospital Nossa Senhora da Conceição todas as áreas de diagnóstico, terapia, apoio técnico e logístico, “possibilitando a adequação e a humanização das unidades de internação e apoio”. No caso do Hospital da Criança Conceição, “pelas condições precárias do atual prédio”, a proposta é construir um novo hospital incorporando a maternidade do Conceição.
Segundo o diretor técnico do GHC, Mauro Sparta, muitas questões morosas precisaram ser resolvidas para que a obra fosse possível.
Primeiro, era preciso acertar a cedência da área onde a construção ocorrerá, na qual, antes, havia uma praça. “Houve todo um processo democrático, com consulta ao Orçamento Participativo e acordo com o município, que tinha uma dívida com o hospital”, relata.

Duas emendas do vereador Mendes Ribeiro ao orçamento do município são aprovadas

Das 137 emendas de vereadores e 12 populares à Lei Orçamentária Anual – que rege os gastos do ano subsequente no município -, duas do vereador Mendes Ribeiro foram aprovadas. Ambas estão alinhadas com seus compromissos assumidos no início do mandato: estímulo ao empreendedorismo, educação e saúde.

“Justamente no dia em que foi divulgada pesquisa apontando que 58% dos jovens desejam empreender, nossa emenda à LOA para destinação de estrutura a Semana Municipal do Jovem empreendedor foi aprovada”, salientou Mendes Ribeiro.

A primeira edição desta semana, também por projeto do vereador, levou a pontos descentralizados da Capital mais de 30 workshops e caminhos profissionais aos jovens. “Agora, com esta emenda, o evento terá condições de chegar a demais bairros e incorporar palestrantes e atividades”, explicou.

A pesquisa referida pelo legislador também aponta que 78% dos jovens gostariam de apoio e sentem-se inseguros para ousar e empreender. “Eis o nosso suporte a eles, nós acreditamos no empreendedorismo e no potencial do jovem porto-alegrense, levaremos toda a capacitação e possibilidades para que possam se desenvolver”, completou.

Na área da saúde, a emenda aprovada trará R$ 1.5 milhão para desafogar o atendimento básico no bairro Itu Sabará, superior a 3 mil/mês, com a nova sede do posto Coinma. A proposição, além do aumento do número de atendimentos, também abaterá uma dívida do município com o gestor do posto, e será utilizada apenas para a construção, visto que o terreno já foi cedido.

Frente parlamentar visa elaborar protocolo para acompanhamento de prematuros

Há pouco mais de um ano, atendendo proposições vindas pela ONG Prematuridade – instituição que desde 2011 previne o parto prematuro, realiza educação continuada para equipes neonatais e o acompanha a saúde dos bebês e pais -, o vereador Mendes Ribeiro elaborou projeto de Lei para reconhecimento de uma efeméride municipal para tal. Aprovada, com mesma data da referência mundial, as atividades vestiram Porto Alegre de roxo, caminhadas, discussões em espaços públicos e programações nas Casas de Saúde.

Durante os eventos, uma nova necessidade foi apontada: um espaço técnico para elaboração de políticas públicas para a prematuridade. O marco para a temática ocorreu na última sexta-feira, 17 de novembro, durante as celebrações, quando a Frente Parlamentar da Prematuridade foi protocolada na Câmara.

A iniciativa ainda não teve a sua primeira reunião oficial e dela já surgiu uma série, ancorada nas plataformas digitais, para atendimento as dúvidas dos pais por especialistas no assunto.

“Esta é a principal causa da mortalidade infantil, repito, principal causa da mortalidade infantil, nosso dever é orientar os pais e zelar pela saúde destes bebês. E o principal trabalho neste sentido em Porto Alegre não é uma política pública, é de uma organização não governamental. Informação e acompanhamento clínico podem salvar uma vida. E passa da hora de darmos nossa contribuição”, explicou o vereador.

A ONG parceira explica que os prematuros são mais propensos a desenvolver algumas patologias, como alergias, retinopatia, bronquiolite, displasia, entre outros. “Dessa frente poderá nascer um protocolo de acompanhamento de prematuros em postos de saúde. Um call center para atendimento aos pais. Uma vida salva”, conclui Mendes Ribeiro.

Santa Casa: trabalho e reconhecimento

Vereador Mendes Ribeiro recebe homenagem em nome de seu pai pelo protagonista em favor da vida

Das mãos do provedor da Santa Casa de Misericórdia, Alfredo Guilherme Englert, e do diretor geral, Flávio Dornelles de Matos, o vereador Mendes Ribeiro recebeu na última sexta-feira, 27, dois troféus em nome de seu pai (ex-ministro e deputado federal, Mendes Ribeiro Filho) pela sua atuação como “protagonista em favor da vida”.

A honraria se deve aos mais de R$ 530 mil em emendas empenhadas, que viabilizaram a compra de equipamentos essenciais de diagnóstico. Ainda, segundo o provedor, “é também pela sua característica de diálogo e respeito dentre os demais parlamentares, sendo ele, o principal, a frente, da viabilização da indicação das emendas de toda a bancada”. Estas, chegam a soma de 21 milhões para a aquisição de tecnologias, 10 para reforma da área materno-infantil (Hospital Santa Clara) e 150 milhões para a modernização do complexo hospitalar como um todo- ampliação de mais de 5 mil metros quadrados.

“Estes valores representam o seu debruçar pela viabilidade técnica e política em prol da maior prestadora de serviços filantrópicos do Estado. A indicação e o empenho de uma emenda passa pela avaliação do orçamento, distinção das prioridades, articulação e acompanhamento da prestação de contas, se o objetivo foi e de que forma alcançado. Do papel à realidade, somente os políticos de valor conseguem”, ressaltou o vereador.

A prevenção tem sido uma das bandeiras do vereador neste mandato, seja com a Frente Parlamentar da Saúde do Homem (inédita na Casa), que promove encontros mensais e culminará com uma cartilha de medidas afim de contrapor o preconceito que circunda a temática; com o dia da Prematuridade, promovendo ações para a saúde do bebê e orientações às famílias; e com a regulamentação das corridas de rua, que garante cuidados não existentes hoje com o físico dos atletas.

O trabalho das instituições de Porto Alegre também é acompanhado de perto por Mendes, visto que seus melhores quadros, doutores, são atuantes colaboradores na Frente Parlamentar. “A Santa Casa hoje mantém mais de 6.300 funcionários, 280 consultórios, 50 salas cirúrgicas, 10 unidades de terapia intensiva, sendo 60% de atendimento SUS, de mais de 6 milhões de procedimentos realizados; é um complexo que devemos nos orgulhar a apoiar”, completou.

Sobre a honraria, ele frisa que “em tempos de tanto descrédito com a classe política, insistir nela como caminho para transparência, gestão eficiente e mudança na qualidade de vida das pessoas torna-se algo hercúleo. Essa homenagem representa de que fiz a escolha certa com a política e que tenho passos certeiros que me guiam”.

 

Desconstruindo as problemáticas e construindo as soluções: 3ª edição da Frente Parlamentar da Saúde do Homem

Utilizar o conhecimento dos especialistas das principais unidades da rede da Saúde de Porto Alegre para estruturar ações viáveis, administrativamente, e que atendam as reais necessidades da saúde porto-alegrense tem sido o percurso da Frente Parlamentar em Atenção à Saúde do Homem, da Câmara Municipal de Porto Alegre.

A terceira edição deste encontro ocorreu na quarta-feira, dia 11, e contará com o apoio da ANAPPS, Associação Nacional de Aposentados e Pensionistas da Previdência, recebendo médicos palestrantes, comunidade acadêmica e demais vereadores.

Palestras
*Transição demográfica e epidemiológicas e as doenças do século 21;
*Evolução comportamental e social do paciente com amputação de membros.

 Palestrantes
*Dr. José Jobim Fossari é pós-graduado em geriatria e medicina do trabalho, diretor técnico do Grupo Hospitalar Conceição e gerente de interação do Hospital Nossa Senhora da Conceição
*Dr. Euler Manenti é cardiologista, doutor na especialidade pela Fellow do American College of Cardiology e pela UFRGS; e diretor do Instituto de Medicina Vascular.
*Dr. Paulo Mulazzani é fisiastra, ortopedista e especialista em tratamento de pacientes amputados.

 

Liga Feminina de Combate ao Câncer na prevenção e assistência

O que poucos sabem é que a primeira Liga Feminina de Combate ao Câncer foi obra de uma gaúcha, fora do Estado. E logo na sequência, foi instalada aqui. Há 60 anos, o Rio Grande do Sul tem a 2º liga de um trabalho de 24 estados, instalado em 87 regionais.

Situada no Hospital Santa Rita, com um ambulatório próprio que realiza exames preventivos e atendimento assistencial, a Liga recebe a uma média de 35 pessoas por dia. Todo o trabalho é desenvolvido por uma rede de voluntárias. E o melhor, toda a pessoa que quiser contribuir pode ser inserida em uma etapa do atendimento, seja para leitura aos pacientes, seja para auxiliar na confecção de perucas, ou como as estudantes e médicas que realizam os exames.

Medicamentos de combate a dor, alimentação, assistência, fonoaudiologia, transporte a quimioterapia, próteses, as formas de atuação são ilimitadas no que se refere a prevenção e assistência.

Essa gama de atividades é mantida através de convênios e toda a doação é bem-vinda: material de higiene, fraldas, perucas, lenços, próteses, roupas.

Tramita na Câmara de Vereadores, na comissão de Constituição e Justiça, o projeto que visa conceder a instituição o caráter de utilidade pública. Como presidente da CCJ, o vereador Mendes Ribeiro, esteve no local acompanhando os trabalhos. “Toda a documentação necessária está correta, inclusive a instituição já possui este caráter no âmbito federal e estadual. Mas estar aqui, acompanhar, acolher e poder contribuir com as voluntárias é também nosso trabalho. Mais do que papéis, é estar junto”, disse o vereador.

São quase 4 mil atendimentos por ano, realizado por 100 voluntárias. Quem quiser conhecer detalhes, doar ou tornar-se voluntária, pode obter informações aqui

Frente Parlamentar em Atenção à Saúde do Homem e Escola do Legislativo reúnem especialistas da área

A primeira reunião, de um total de 12, da Frente Parlamentar em Atenção à Saúde do Homem, reunirá 3 grandes especialistas da área, comunidade acadêmica e legisladores, na próxima quarta-feira, 5, a partir das 10h, na Escola do Legislativo, na Câmara Municipal de Porto Alegre.

O impacto das ações das organizações da sociedade civil relacionadas a saúde do homem e o câncer de próstata são as duas temáticas escolhidas para abrir a série de encontros que até o final do ano também abordará sobre andrologia, dermatologia, endocrinologia, gastroenterologia, geriatria, psiquiatria, neurologia, cardiologia, nutrição, ortopedia, proctologia, urologia, além de violência física, psicológica e urbana.

O vereador Mendes Ribeiro, presidente da Frente, junto ao gerente de internação do Hospital Nossa Senhora da Conceição e coordenador técnico da iniciativa, Dr. José Jobim Fossari, irão conduzir os debates.

“Os gestores de Saúde em Porto Alegre apresentaram índices de que 80% dos atendimentos dos homens se referem a urologia e cardiologia e para cada 9 mulheres que procuram um ginecologista, um homem procura o urologista”, completou.

 Com a Frente, o vereador acredita que além de soluções, podem ser projetadas desconstrução sociais para o preconceito e vergonha que circunda a temática.

Compõem a mesa de peso em saúde do homem, o pós-doutor em Robótica e Cirurgia Minimamente Invasiva pela Harvard Medical School, doutor em Medicina pela UFRGS, urologista Marcos Dias Ferreira; e o doutor em Medicina pela UFRGS e Lahey Clinic/Boston – EUA, membro Sociedade Brasileira de Urologia, professor de Pós-graduação em Ciências Cirúrgicas, Dr. Brasil da Silva Neto.

As inscrições para o encontro podem ser realizadas pelo escola@camarapoa.rs.gov.br.

Mendes Ribeiro lidera mobilização pela reabertura do Hospital Parque Belém

O Hospital Parque Belém, na zona sul, cujas atividades encerraram no último dia 24, deixou a capital com menos uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), cinco salas de cirurgia, 200 leitos e modernos aparelhos de diagnóstico e tratamento à disposição dos porto-alegrenses.

Com estrutura, porém sem recursos para manter as portas abertas, o Hospital depende de uma formalização entre gestores para retomar as atividades.

O vereador Mendes Ribeiro em um trabalho conjunto com os poderes, tanto no âmbito municipal quanto no estadual, articulou ação junto ao secretário Chefe da Casa Civil, Fábio Branco, para reativar os serviços, durante uma reunião ocorrida na última terça-feira, 20.

Um ato de mobilização em frente ao Hospital, nesta quarta-feira, 28, às 10h, marcará os esforços pela reabertura, junto à comunidade local e autoridades, incluindo o secretário estadual de Saúde, João Gabbardo e o chefe da Casa Civil.

Fundado em maio de 1940, a casa de saúde já esteve a pleno funcionamento, com quase a totalidade dos leitos ocupados e uma equipe de 480 profissionais.

Scroll to top